New Release!

_DSC0102-1(edit) copy

EP saxcretino // André Borges

Saxcretino é uma mangueira de 1.2m de comprimento com uma boquilha de saxofone numa extremidade e a parte superior de uma garrafa PET na outra. Saxcretino também é o meu pseudônimo, a minha maneira de tocar saxofone e o título do EP.

As faixas são inspiradas no ser humano do tempo presente, no que sinto, vejo e ouço. Mais especificamente, são fragmentos do que sinto como ser vivo, pulsante e sonoro nas faixas 2 e 3 e 5 (1Ziriguid1, Comin’ Back in 5 e Samba de Vento) e do que vejo e ouço como ser social, nas faixas 1 e 4 (Da loja Pro Lixo e Sofá e TV).

Sem ter compromisso com perfeição técnica, pureza estética ou sonoridade específica, as 5 faixas expressam a combinação entre instrumentos não convencionais e instrumentos tradicionais da música ocidental numa linguagem popular com células rítmicas em combinações não habituais. Os instrumentos microtonais utilizados na gravação foram produzidos por mim com material encontrado no lixo e são inspirados nos instrumentos  não-nobres do de-compositor Anton Walter Smetak.

Com produção não ortodoxa, o projeto teve os saxofones (tenor, alto e soprano), vozes, berimbau com cabaça de papel machê, instrumentos microtonais de sopro e percussão (cylindrol, saxcretinos, flautas caboclo, boréu, tambor de mola), o meu coração e a minha respiração gravados em casa, tendo eu assumindo simultaneamente as funções de técnico de gravação e músico ao estilo “faça você mesmo”, o que só foi possível com o suporte dos recentes avanços tecnológicos na área de produção musical. Também preparei os loops de percussão tradicional brasileira, bateria eletrônica e instrumentos de base com  samples e controlador MIDI. Contei com a participação local de Fernando Machado no violão na faixa “Samba de Vento” e a participação intercontinental de Nancy Viegas nos vocais em “1Ziriguid1. Utilizei um sax alto Yamaha YAS 25 e um Buescher, ambos com uma boquilha Dukoff M6 alterada com cimento odontológico, um sax tenor Yamaha YAS 275 com boquilha Otto Link Super Tone Master n.8 e um  sax soprano Pierret com uma boquilha bari n.6 e palhetas Rico Royal n.3. O som do coração foi captado através de um hibrido entre estetoscópio e microfone condensador desenvolvido por mim para performances ao vivo com os sons internos do corpo humano.

Texto: André Borges

Foto: Rafael Ribeiro

Download: www.selonetlabel.bandcamp.com/album/saxcretino

Find out more about the artist at www.saxcretino.com

Padrão

Um comentário em “New Release!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *